TÉCNICAS POLICIAIS - Uma questão de segurança

Abril de 1997 - Ten. Franco é transferido para o Pelotão de Choque do 9º BPM (Batalhão de Polícia Militar).
Como havia retornado recentemente do Curso de Operações Policiais Especiais, realizado na SWAT-Flórida-EUA, aceitou o convite feito por seu comandante para assumir o Pelotão.

A partir daí sentiu a necessidade de aprimorar cada vez mais o seu efetivo, atraindo alguns adeptos. Havia
aqueles que preferiam ficar, no horário de prontidão, deitados e dormindo. Mas os interessados em melhorar seu nível técnico (Cabo Cruz, Cabo Leal e Soldado Rubens) aproveitavam cada minuto para treinar e aperfeiçoar as técnicas adquiridas nos cursos que ministravam e participavam. Além disso, tinham as experiências das operações em locais hostis, onde testavam e aprimoravam as técnicas. Março de 1999 - Ten Franco é transferido do Pelotão.

Normalmente quando isso ocorre em nossa profissão o que está sendo realizado tende a diluir-se ao longo do tempo.

Todavia, o espírito de certeza em relação à necessidade do aprimoramento do grupo e dos outros policiais não deixou que esse afastamento influísse no andamento do trabalho.

Hoje o trabalho está mais vivo do que nunca, pois a satisfação de saber que nossos policiais chegam em casa, depois de um embate com o crime, em que a utilização da técnica foi fator decisivo para esse retorno ao lar.
ALGUMAS IMAGENS



O LIVRO
Veja aqui como adquirí-lo.
HOME  |   O LIVRO  |   LINKS  |   CONTATO  |   AGRADECIMENTOS
Copyrighted by Pawelski Ltda.